O CRM-DF e os Conselheiros Federais do DF juntamente com a AMBr, Sindmedico, AMEB, ABRAMER e AEMED DF realizaram o Fórum de Discussão sobre a Resolução CFM 2227/18, na noite desta 4a feira, 20 de fevereiro, na sede da AMBr. Após palestra sobre Responsabilidade Civil do médico frente ao atendimento de pacientes com uso de Telemedicina, proferida por promotor do ministério público, foi aberta a palavra aos presentes.
A proposta de dinâmica de oficinas para discussão dos eixos da Resolução e acolhimento de sugestões para mudança do texto foi rechaçada e, em maioria, os presentes clamaram para que fosse feita votação pela Revogação da Resolução. Após várias manifestações acerca da insegurança jurídica; da afronta ao ato médico; do prejuízo à relação humanística médico-paciente; do perigo ao paciente; do imensurável dano ao mercado de trabalho; da primazia de privilégios aos grandes grupos econômicos; do risco à formação e ao desenvolvimento profissional dos graduandos e residentes e por fim, da necessidade de maiores debates acerca da Telemedicina e seus impactos, por unanimidade, a plenária votou pela Revogação da Resolução CFM 2227/18.
O CRM-DF solicita aos médicos que enviem suas contribuições ao site do CRMDF.
A solicitação de revogação e as sugestões que servirão de contribuição para o texto de uma nova Resolução serão encaminhados ao CFM pelo CRM-DF e pelos Conselheiros Federais do DF.

O CRM-DF e os Conselheiros Federais pelo DF mantêm o compromisso de defender o ato médico e os legitimos anseios dos Médicos do DF.

telemedicina

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.