Hoje é comemorado o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho. A data, visa conscientizar a população sobre a implantação de medidas de proteção contra acidentes e mortes no trabalho.

Contudo, na área médica, a situação é caótica. Após mais de um ano do início da pandemia, os médicos e demais profissionais de saúde ainda enfrentam a escassez de equipamentos de proteção individual (EPIs), fazendo com que suas vidas fiquem ainda mais em risco.

O Conselho Federal de Medicina (CFM), por exemplo, divulgou um dado alarmante: a cada 150 minutos, a entidade recebe denúncia de um médico sobre a falta de estrutura adequada para o trabalho. Entre as principais queixas estão a falta de máscaras N95 (ou equivalente) e de outros EPIs. Você pode ler mais sobre isso na matéria: bit.ly/3q7Sl3v

Portanto, o CRM-DF ressalta que você, médico, não precisa se sujeitar a viver nesse perigo. Denuncie as situações indignas e inadequadas de trabalho!

A Ouvidoria do Conselho está à disposição: sistemas.cfm.org.br/faleconosco/df/2

O CRM-DF também está fiscalizando e atuando na defesa de condições de trabalho dignas e seguras para os Médicos.

“O que precisamos além do reconhecimento pelo nosso trabalho é sobretudo proteção à nossa integridade física e mental”, comenta a conselheira Rosylane Rocha.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.