Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
CRM-DF notifica Secretaria de Saúde do DF a organizar fluxograma de cirurgias de emergência nos hospitais da Rede Pública de Saúde

Falta de organização no atendimento pode causar riscos à população

Após a Ouvidoria do Conselho Regional de Medicina (CRM-DF) receber inúmeras reivindicações da classe médica sobre as dificuldades em transferir pacientes de urgência/emergência das áreas da Neurocirurgia e Cirurgia Pediátrica para unidades de referência do Sistema Único de Saúde (SUS), o Departamento de Fiscalização do Conselhoapurou as denúncias e encontrou várias falhas no sistema da Rede Pública do DF, dentre elas, a falta de comunicação entre as equipes médicas e o não cumprimento do fluxograma de atendimento nos hospitais, o que prejudica a população e o trabalho dos médicos.

            O CRM-DF encaminhou uma notificação à Secretaria de Estado de Saúde do DF para conhecimento e cumprimento. Na notificação, o CRM-DF oficia o secretário de saúde, Osnei Okumoto, para que dê ciência às equipes médicas o Protocolo de Fluxo de Atendimento de Emergência e Urgência de toda a Rede de Saúde aprovado pela Comissão de Protocolos, da Neurocirurgia e da Cirurgia Pediátrica do Distrito Federal. O documento deve ser encaminhado pela SES-DF para toda a Rede Pública de Saúde, para que os profissionais sejam orientados a seguirem o fluxograma correto.

O Conselho também alertou a secretaria que caso a notificação seja descumprida, os diretores técnicos dos hospitais, diretores clínicos e o médico plantonista do dia responderão à processo ético disciplinar instaurado pelo CRM-DF, sem prejuízo das demais ações em esfera civil e penal.Os problemas encontrados e as soluções tomadas pelo CRM-DF também foram encaminhadas a 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde para conhecimento e ciência do caso.

            Tal decisão foi tomada por este Conselho considerando o risco ao qual a população estáexposta em decorrência do desconhecimento do referido fluxograma por parte dos médicos que atuam nos hospitais públicos do DF, gerando desencontro de informações e dificuldades no acolhimento, atendimento e encaminhamento correto pacientes.

O CRM-DF alerta que a demora no atendimento desses pacientes pode causar agravamento clínico acarretando lesões irreversíveis, aumento do tempo de internação e morte.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© Copyright 2019 Todos os Direitos Reservados
Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 Lote 985 2º Andar, Sala 202 - Centro Empresarial Parque Brasília, Brasília-DF, CEP: 70.610-410
Tel: (61) 3322-0001 Fax:(61)3226-1312,  Expediente (2ª a 6ª feira) - 8h00 às 18h00